compartilhe

0

0

Medicina esportiva

Joelho de corredor: previna e trate a lesão

O problema ocorre devido ao desgaste da cartilagem da patela e é mais comum em iniciantes e mulheres

Juliana MesquitaPor
Juliana Mesquita

Previna o "joelho de corredor"

Dor nos joelhos: está aí uma queixa muito comum de quem corre. O desconforto nas articulações pode ser causado por diversas lesões, e entre os mais comuns está a condromalácia patelar, popularmente conhecida como “joelho de corredor”.

O problema costuma provocar dor durante a corrida, ao subir e descer escadas e até em alguns exercícios de musculação, como agachamentos. “A condromalácia nada mais é do que uma degeneração da cartilagem que fica atrás do osso da patela. Ela acontece devido à sobrecarga na região, muitas vezes gerada por desequilíbrio nos músculos dos membros inferiores”, explica Bernardo Sampaio, fisioterapeuta responsável pela Unidade de Guarulhos do ITC Vertebral e do Instituto Trata.

Previna o "joelho de corredor"

Como evitar

Seguir um treino de corrida bem planejado, com volume (distância) e intensidades adequados para seu condicionamento condicionamento físico, é um dos segredos para ficar longe da lesão. “Além disso, é essencial  manter um bom equilíbrio muscular e fazer exercícios para fortalecer a parte inferior do corpo, principalmente a região do quadril”, destaca Sampaio. Manter a postura correta tanto ao correr quanto ao malhar na academia também é essencial para evitar o “joelho de corredor”.

É hora de tratar

Assim que o problema for identificado, o tratamento deve ser feito por meio de exercícios específicos, propostos por um médico do esporte ou fisioterapeuta. “O especialista irá avaliar quais alterações estão gerando a lesão (como fraqueza muscular) e prescrever a sequência do tratamento até o momento do retorno à corrida”, avalia Bernardo.

Basicamente, os trabalhos para acabar com a lesão envolvem exercícios para fortalecer os músculos da região do core (formado pelo quadril, pelo abdome e pela lombar), além de movimentos que ajudam a desenvolver o controle motor – isso contribuirá para uma melhor postura durante a corrida.