compartilhe

0

Notícias

5 dicas de recuperação para triatletas

Miguel Morone fala sobre seus métodos preferidos na hora da recuperação pós-prova

Daniel VelosoPor
Daniel Veloso

Miguel Morone, triatleta carioca

Os atletas que conseguiram cruzar a linha de chegada do IRONMAN Florianópolis 2019 mostraram que são capazes de encarar um esforço sobre-humano. Os 226.2 km de natação, bicicleta e corrida levam o corpo ao limite da exaustão. Terminada a prova, o foco deve ser na melhor recuperação muscular possível.

Cosan SP City Marathon | 21k | 42k | 28.07

Miguel Morone, 36, bombeiro e triatleta carioca que já participou dez vezes do evento, sabe da importância de uma recuperação de qualidade após o término da prova.“Fiquei um ano e meio lesionado por não dar a devida importância ao tempo de recuperação que o corpo precisa após um percurso alvo”, conta.

Após completar o IRONMAN 2017, o atleta se dedicou ao descanso, tanto físico quanto psicológico. O maior cansaço, segundo ele, acontece antes da competição. “São meses de preparação para o grande dia”, diz. “E após uma prova como esta, chego a ficar uma semana parado, me recuperando”.

Aqui, Miguel lista os métodos que ele elegeu para sua melhor recuperação muscular. 

 

Miguel Morone já participou de diversas etapas do IRONMAN (Foto: Instagram pessoal)

As dicas de Miguel são as seguintes:

  • Dar o tempo de descanso adequado 

    O repouso pós-prova é extremamente importante. Em provas de alta intensidade como o IRONMAN, principalmente na etapa full, o corpo precisa de descanso por, no mínimo, 48 horas.  Esse período é o tempo necessário para que o corpo possa se recompor e a volta aos treinos aconteça sem riscos.

  • Ingestão adequada de proteínas 

    Consumir proteínas contribui diretamente para reparar as células que foram danificadas durante a prova. Carnes magras, laticínios e suplementos alimentares como o whey protein são boas fontes de proteína.

  • Meias de compressão 

    Muitos atletas sabem que as meias de compressão são muito eficazes para a prática esportiva. Porém, não é de conhecimento de todos que há produtos específicos para a recuperação muscular, como a UP17 da Sigvaris, marca escolhida por Miguel. Produtos como este prometem acelerar a recuperação muscular, diminuir a fadiga, a tensão muscular e o desgaste após a prática esportiva. Também pretendem reduzir as dores musculares e o acúmulo de ácido láctico.

  • Massagem 

    A massagem pode ser altamente benéfica para a recuperação muscular. É uma forte auxiliadora por desfazer “nós” que estão em locais de difícil acesso. Muitas vezes, tensões em pontos específicos são liberadas apenas com essa técnica.

  • Hidratação 

    A ingestão de líquidos (principalmente água) é fundamental tanto durante os treinos e provas quanto após a atividade física. Uma hidratação adequada garante a reposição dos eletrólitos no organismo – sódio, cloro, potássio e magnésio, por exemplo. Durante provas de intensidade alta como o IRONMAN, perdemos muitos desses eletrólitos com a respiração e transpiração, deixando o papel da hidratação ainda mais em destaque. 

LEIA AQUI NOSSO RESUMO DA IRONMAN 70.3 EM FLORIANÓPOLIS

INSCREVA-SE NA COSAN ATHENAS RUN STRONGER RJ 6K | 12K | 18K | 16.06