compartilhe

0

Notícias

Determinação na conquista: os 21K em seis meses

Seis meses após deixar sua vida sedentária para trás, o paulista Rogério Neves se prepara para encarar os 21K

Redação WRunPor
Redação WRun
21 km

Foto: Divulgação Rogério Neves (@rnoliveira46)

O paulista Rogério Neves, 39, começou a correr depois de muita adaptação e fortalecimento dos membros inferiores. Saindo de um estado de sedentarismo, o  coordenador de logística fez seu primeiro treino de corrida após passar um mês “preparando” as pernas para o exercício. Ele então começou a correr intercalado. “Eu corria 1 km e andava 1 km, depois aumentei para corrida de 2 km e caminhada de 1 km, e assim sucessivamente, até que consegui fazer meus primeiros 5 km sem andar, o que foi uma grande conquista em pouco tempo”, conta.

Cosan SP City Marathon 2019:
Inscreva-se!

Depois dos 5 km ele aumentou até chegar em 7 km, o que o deixou confortável para participar da sua primeira prova de rua, a Cosan Athenas Run Longer, em novembro de 2018. “Errei bastante no começo, até mesmo com coisas pequenas, como a escolha das meias”, conta Rogerio. “Acreditava que ‘quanto mais grossa melhor’, até ganhar duas bolhas em cada calcanhar”, lembra.

Um desafio que virou hábito 

Rogério conta que seu relacionamento com a corrida aconteceu de forma divertida. “No final do ano passado, estava na casa da minha tia, e um dos meus primos ia correr a Cosan Athenas Run Longer, e ele me desafiou a correr também. No dia seguinte eu fui para a academia decidido a começar um mês de reforço muscular. Dois meses depois, eu estava correndo a prova”, conta.

Rogério conta que foi uma realização enorme, pois quando concluiu a prova percebeu que poderia ir mais longe. “Hoje eu só penso em evoluir ao longo dos anos, e a corrida de rua já faz parte da minha vida. Tive dois acidentes graves: em 2001 quebrei a perna esquerda, e em 2009, a direita. Nunca imaginei que poderia concluir uma prova depois disso”, diz o paulistano.

Segundo o corredor, no início da corrida ele ainda não tinha muito conhecimento sobre o esporte, o que causou algumas situações desgradáveis. Quando percebeu que estava perdendo peso com a corrida, Rogerio forçou os limites nos treinos, e causou a famosa canelite – uma inflamação na canela causada pelo excesso de treino. Mas com algumas dicas de profissionais via internet, e observando fotos das provas de que tinha participado, Rogerio notou que sua forma estava errada. “Desde então, venho tentando me corrigir”, afirma.

O desafio seguinte

21 km

Foto: Divulgação Rogério Neves (@rnoliveira46)

Rogério participou da Cosan Seven Run 2019 no último dia 26 de maio, no percurso de 14 km. No dia 14 de julho, pretende fazer o percurso de 18 km na Cosan Athenas Run Stronger, antes de participar dos 21 km na Cosan SP City Marathon, dia 28 de julho.

“A Cosan SP City vai ser muito especial para mim, pois será no dia do meu aniversário. Tenho certeza que vai ser um momento para levar por toda a minha vida, ainda mais por ser minha estreia na prova”, explica.

Evolução gradual 

O objetivo do corredor é evoluir de forma gradual. Rogerio já cumpriu os 7 km e 10 km, e em seguida fará os 18 km e 21 km. Segundo ele,  sua próxima meta são os 42 km. Em relação à preparação, ele conta que a alimentação sempre foi normal – sem exageros – mas tem tomado suplemento pós-treino, ido na academia três vezes na semana e feito bastante bicicleta. “Este ano farei os 21 km, foi a meta que estipulei, mas no ano que vem com certeza farei os 42 km. E por conta dos meus acidentes, sinto que preciso de um preparo maior para enfrentar esse desafio”, diz Rogério.

Ele conta que vem se preparando física e mentalmente para concluir a prova que se tornará um grande acontecimento em sua vida. “Já perdi 5kg desde que comecei a treinar e fazer corridas de rua. A Iguana Sports tem um método muito bacana de ao longo do ano te manter motivado e isso me impulsionou a continuar. Claro, sem contar a qualidade do kit e da organização. Espero fazer muitas corridas de vocês ainda!”, revela.

* Por Brenda Prestes