compartilhe

0

Notícias

Kipchoge completa 42 K sub 2h e Brigid Kosgei estabelece novo recorde feminino na maratona

Projeto INEOS 1:59 proporcionou condições perfeitas para recorde e Maratona de Chicago foi palco da queniana Kosgei

Redação WRunPor
Redação WRun

Por Christina Volpe*

O fim de semana foi animado para os apaixonados por corrida de alto rendimento. No sábado (12) aconteceu a segunda tentativa do queniano Eliud Kipchoge, 34, de completar 42 K abaixo de 2 horas. O atual recordista e campeão olímpico na distância foi o escolhido para o projeto INEOS Challenge. 

O atleta, que já havia tentado o feito em 2017 no projeto Breaking2, da Nike, é o atual detentor do melhor tempo oficial em maratona, 2h01min39, conquistado no ano passado, em Berlim.

Depois de meses de treino e planejamento, Kipchoge e uma equipe de 41 pacers se reuniram em Viena, na Áustria, para enfrentar a maratona nas “condições perfeitas”. Agora considerado uma lenda e o homem mais rápido a correr a distância, o atleta finalizou o percurso em 1h59min40, um pace médio de 4min34.

O momento da chegada e suas palavras depois de terminar o percurso foram emocionantes. “Sou o homem mais feliz do mundo por ter feito isso; agora posso dizer às pessoas que nenhum humano é limitado. Espero que, depois de hoje, mais pessoas ao redor do mundo corram abaixo de duas horas”, disse.

É importante frisar que, apesar do feito incrível, o tempo não é reconhecido como recorde oficial pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), dada a condição da prova, com alternância de pacemakers e por não se tratar de uma competição aberta ao público. Nada disso, porém, diminui a barreira quebrada pelo atleta e a grandiosidade da conquista. 

Recorde mundial feminino 42K

Para completar o fim de semana de marcas que vão entrar para a história, a também queniana Brigid Kosgei, 25, estabeleceu um novo recorde feminino na maratona. Ela completou a prova em 2h14min04, superando o tempo que não era batido há 16 anos, da atleta Paula Radcliffe: 2h15min25. 

Kosgei finalizou a prova 7 minutos na frente da segunda colocada. Com a marca, ela receberá 100 mil dólares pela primeira colocação e mais 75 mil dólares por bater o recorde da prova, que era 2h17min18, também de Radcliffe.

Confira as parciais por quilômetro de Brigid Kosgei:

5K – 15:28
10K – 31:28
21K – 1:06:59
42K – 2:14:04