compartilhe

0

Notícias

Maratona de Londres terá três dos melhores fundistas da atualidade

Eliud Kipchoge, Kenenisa Bekele e Mo Farah despontam como favoritos na prova

Fausto FagioliPor
Fausto Fagioli

Três dos melhores fundistas da atualidade têm presença confirmada na Maratona de Londres 2018, que será realizada no dia 22 de abril: o queniano Eliud Kipchoge, o etíope Kenenisa Bekele e o britânico Mo Farah.

Considerado por muitos o melhor maratonista do mundo, Kipchoge traz na bagagem títulos nas principais provas de 42 km do mundo, como Berlim, Chicago e Londres, além do ouro olímpico no Rio 2016.

Em 2017, Kipchoge ainda fez parte do projeto Breaking2, realizado pela Nike com o intuito de levar um de seus atletas a correr uma maratona abaixo de 2 horas. Dos três que largaram, Kipchoge foi o que ficou mais perto do feito, concluindo o trajeto no Autódromo de Monza, na Itália, em 2h00min25s.

MAIS
Planilha para correr uma meia-maratona abaixo de 2h
9 coisas que nenhum corredor deve fazer
Como a corrida ajuda a aliviar o estresse

Vale dizer que o atual recorde mundial da distância pertence ao queniano Dennis Kimetto, que venceu a Maratona de Berlim em 2014 com a marca de 2h02min57s – o tempo de Kipchoge não era elegível para recorde por conta das circunstâncias do projeto Breaking2, que não atendia todas as regras da IAAF (Federação Internacional de Atletismo).

Os desafiantes do favorito Kipchoge na Maratona de Londres 2018 têm algo em comum: são grandes nomes do atletismo de pista e vêm tentando voos mais altos nas provas de rua.

Bekele tem no currículo os recordes mundiais dos 5.000 metros (12min37s) e dos 10.000 metros (26min17s), além de três ouros olímpicos nas mesmas distâncias. No asfalto, venceu a Maratona de Berlim 2016 com 2h03min03s, segundo melhor tempo oficial da história da maratona.

Já Farah decidiu aposentar-se das pistas em 2017 e vem, aos poucos, tentando ganhar espaço no time dos principais nomes das corridas de rua. Dono de quatro ouros olímpicos nos 5.000 e 10.000 metros, tem ainda seis ouros em mundiais. Além de ser um dos favoritos na Maratona de Londres 2018, também deve ser o mais aplaudido pela torcida britânica.