compartilhe

0

Notícias

Kipchoge é tri em Londres, mas fica longe do recorde

Forte calor prejudicou a busca do "rei das maratonas" pelo recorde mundial dos 42 km

Redação WRunPor
Redação WRun

O rei das maratonas, o queniano Eliud Kipchoge, adicionou mais uma conquista ao seu currículo: a Maratona de Londres 2018, realizada no último domingo.

Kipchoge, campeão olímpico da maratona no Rio 2016, precisou de 2h04min17s para tornar-se tricampeão da prova que venceu também em 2015 e 2016.

É verdade que a intenção inicial do queniano era buscar o recorde mundial dos 42 km, de 2h02min57s do seu compatriota Dennis Kimetto. O calor de 25°C, porém, foi o maior adversário do atleta.

MAIS
Acerte na compra do seu tênis de corrida
Como cuidar bem do seu tênis?

O etíope Tola Kitata ficou com a segunda colocação ao cruzar a linha de chegada em 2h04min49s. Quem completou o pódio foi o astro somali naturalizado britânico Mo Farah, que com a marca de 2h06min21 bateu o recorde nacional na distância que durava 33 anos.

Entre as mulheres, a vencedora foi a queniana Vivian Cheruiyot, com 2h18min31s. Brigid Kosgei, também do Quênia, veio na segunda colocação, com 2h20min13s, e a etíope Tedelech Bekele completou o pódio com a marca de 2h21min40s.