compartilhe

0

Notícias

Maratona de Tóquio tem vitória de queniano e quebra de recorde japonês

O queniano fez o segundo tempo mais rápido da história da prova

RedaçãoPor
Redação

Maratona de Tóquio

O queniano Dickson Chumba venceu a Maratona de Tóquio 2018 no último domingo (25), no Japão. O atleta, que já havia ganhado a prova em 2015, terminou os 42 km em 2h05min30s, marcando o segundo tempo mais rápido da história do percurso.

Wilson Kipsang, com suas 2h03min58s alcançadas no ano passado, é o recordista da prova. Neste ano, o queniano, com problemas físicos, abandonou por volta do km 16.

MAIS
Complete a meia maratona em menos de 2h
Os melhores treinos para ganhar velocidade

Além de Chumba, o vice da Maratona de Tóquio 2018 também chamou a atenção. Yuta Shitara, do Japão, cruzou a linha de chegada com a marca de 2h06min11s – recorde nacional do seu país. Por conta da marca, Shitara levou para casa um prêmio de 1 milhão de dólares. Amos Kipruto, também do Quênia, chegou logo em seguida, com 2h06min33s.

No pelotão feminino, a etíope Berhane Dibaba também marcou o segundo tempo mais rápido da história da prova: 2h19min51s. Berhane foi seguida por sua compatriota Ruti Aga (2h21min19s) e pela norte-americana Amy Cragg (2h21min42s).