compartilhe

0

0

Nutrição

A hora certa de tomar suplementos

Entenda os benefícios que alguns desses produtos trazem para o desempenho no treino e o momento certo de ingeri-los

RedaçãoPor
Redação

suplementos

Cada vez mais presentes na dieta de quem faz atividades físicas, os suplementos alimentares prometem potencializar a performance no exercício, acelerar a recuperação muscular, ajudar no emagrecimento e aumentar o ganho de massa.

Mas, antes de incluir esses produtos na sua rotina, é essencial saber que cada um tem função específica e deve ser utilizado de acordo com suas metas no esporte e sua alimentação – afinal, o principal objetivo da maioria dos suplementos é complementar a dieta e oferecer ao organismo um aporte de nutrientes que nem sempre é possível obter só com a comida.

“Para que um suplemento alimentar seja realmente efetivo, é importante entender os benefícios que cada substância presente nele traz para o corpo. Os nutrientes do produto devem estar de acordo com a real necessidade do atleta, e serem ingeridos no momento certo”, explica Diego Círico, nutricionista da Growth Supplements. A seguir, com ajuda do especialista, mostramos os benefícios que alguns produtos podem trazer para seu treino e o momento certo de tomar suplementos.

MAIS
Coma beterraba e corra mais
17 nutrientes essenciais para quem corre

Cafeína – Para aumentar o pique na corrida e queimar gordura
Os estimulantes à base de cafeína atuam diretamente no sistema nervoso central, aumentando a frequência cardíaca e a temperatura corporal durante o exercício – isso favorece a queima de gordura. Mais: a substância eleva a disposição e a concentração, fatores importante para ter bom desempenho esportivo, e reduz a fadiga física e mental.
Quando tomar? Pesquisas apontam que o suplemento de cafeína tem efeito ergogênico, ou seja, ajuda no rendimento quando consumido cerca de 30 minutos antes do treino.

Whey Protein – Para recuperar e construir músculos
A proteína do soro do leite (whey protein) é fonte de aminoácidos essenciais para a reconstrução das fibras musculares. O suplemento ajuda na recuperação pós-treino, no ganho de massa magra e ajuda a evitar o catabolismo (perda de músculos) durante o exercício.   
Quando tomar?
Estudos mostram que o organismo consegue captar melhor os aminoácidos da proteína até uma hora depois do exercício. Porém, o mais importante é garantir a ingestão diária de proteína que seu corpo precisa.

Creatina – Para ganhar explosão e reduzir a fadiga
Ela ajuda a aumentar a potência muscular. Por isso, é mais indicada para atletas que praticam esportes de explosão (levantamento de peso, futebol, lutas, tênis etc.). No entanto, corredores podem tirar proveito desse suplemento se o utilizarem em uma fase do treino na qual estão fazendo muitas atividades de alta intensidade (os populares treinos de tiro). Outro benefício da creatina é que ela ajuda a reduzir a fadiga muscular. Só tome cuidado, pois a cretina causa retenção de líquidos e, consequentemente, aumento de peso – o que atrapalha em esportes de resistência como a corrida.
Quando tomar? Trabalhos científicos revelam que não há diferença significativa na performance se esse suplemento for consumido antes ou depois do treino. No entanto, muitos especialista recomendam ingerir a creatina até uma hora após o exercício, já que nesse momento a absorção de aminoácidos pelo organismo tende a ser maior.

Lembre-se, você não deve usar suplementos sem a indicação de um nutricionista.

*Originalmente publicada em 27 de abril de 2017