compartilhe

0

0

Saúde

Assaduras na corrida

O problema é muito comum entre os atletas. Veja como prevenir e tratar o incômodo

RedaçãoPor
Redação

assaduras

Se você é corredor, independentemente do nível de experiência, já deve ter sofrido com assaduras pós-treinos ou provas, principalmente no calor. Parte interna das coxas e axilas costumam ser as regiões mais afetadas. “Os incômodos ocorrem por causa do atrito da pele com a própria pele ou com a roupa, que, somado à transpiração e ao movimento repetido, leva à irritação e ao ferimento”, explica a dermatologista Mônica Aribi, de São Paulo. Pessoas acima do peso geralmente sofrem mais com os machucados, já que apresentam área de pele maior e, portanto, mais risco de sofrer atrito.

Nas mulheres, as assaduras podem aparecer ainda nos ombros e embaixo dos seios, por causa da fricção do top apertado contra a pele. Nos homens, o atrito da camiseta com os mamilos deixa essa parte irritada. Até a cinta do monitor cardíaco pode provocar a lesão avermelhada, que pode evoluir para descamação e sangramento, se não for tratada. Sem falar que a dor pode prejudicar a performance e até obrigar o corredor a interromper um treino ou prova.

MAIS
Alivie dores nos pés com a osteopatia
O tabu das assaduras

Como evitar

Existem algumas soluções para prevenir o desconforto. Correr vestindo roupas justas (legging, bermuda de lycra sob o short ou regata embaixo da camiseta) é uma. Evitar peças com elásticos apertados demais e dar preferência a tecidos que permitem a evaporação do suor também ajuda. “Outra saída é aplicar pasta d´água (encontrada na farmácia) ou pomada própria para assaduras nas regiões normalmente afetadas antes de começar o exercício”, completa Mônica. Alguns corredores aplicam vaselina na área sujeita a lesão, a fim de deixar a pele mais lisa e reduzir o atrito. Mas há quem não goste da solução porque acaba deixando o corpo melecado e, depois de algum tempo, é necessário reaplicar o produto para que faça efeito (o que nem sempre é viável no meio de um treino ou prova, certo?).

Caso a lesão já tenha se instalado, o jeito é tratá-la. Experimente borrifar água termal e aplicar creme cicatrizante (os mesmos utilizados em situações pós-queimaduras, encontrados na farmácia) sobre o ferimento até que a pele se regenere. Escolha roupas que não causem atrito e evite fazer curativos nas lesões para conseguir correr sem dor – a cola e o abafamento podem piorar o machucado.

*Originalmente publicada em 6 de janeiro de 2016