compartilhe

0

0

Saúde

Os benefícios da corrida para o desempenho sexual

O esporte melhora a resistência física, ajuda na concentração e mais!

Lucas ImbimboPor
Lucas Imbimbo

sexo

A corrida ajuda no combate a doenças, estimula o contato com outras pessoas e… Pode ajudar a melhorar o desempenho sexual. Isso mesmo! A seguir explicamos como o esporte pode promover uma vida sexual mais saudável

1. Fôlego 

Correr melhora a resistência, tanto cardiorrespiratória quanto muscular. “Correr exige um controle maior da respiração e contribui para evolução corporal, o que favorece, também, a performance sexual”, afirma a Dra. Karina Hatano, médica do esporte do Instituto Cohen. Haja fôlego!

2. Circulação

Mesmo com problemas crônicos, como a disfunção erétil – que atinge um a cada 10 homens ao menos uma vez na vida – a corrida pode ser benéfica. Além de fatores psicológicos, a impossibilidade fisiológica de aumentar o fluxo sanguíneo na região do pênis durante a ereção é uma das causas da disfunção. Correr auxilia a circulação, fazendo o coração bombear mais sangue para levar oxigênio às células musculares – e isso pode ter impacto benéfico na resolução do problema

3. Foco

Você já ouviu falar que, para correr, também é preciso treinar a mente? O esporte ajuda a controlar o psicológico e a manter a concentração. Como muitas das disfunções sexuais estão ligadas a fatores emocionais – como, por exemplo, a ejaculação precoce – o trabalho mental exigido na corrida acaba sendo muito efetivo também na cama. Além disso, a prática de regular física proporciona bem-estar e relaxamento, o que contribui (e muito!) na diminuição da ansiedade na hora do sexo.

Um estudo realizado pela VU University Medical Center, na Holanda, mostra que o exercício ajuda o cérebro a ter mais foco. Alunos foram submetidos a 20 minutos de exercícios aeróbicos todos os dias após a aula. Resultado: eles tiveram mais concentração e melhor resistência à distrações quando comparados aos alunos que fizeram menos ou nenhum exercício. “A corrida ajuda a distinguir o momento de tensão, do momento de relaxamento”, comenta Margareth dos Reis, sexóloga e Doutora em Ciências pela USP.

MAIS
Os benefícios da maçã para a saúde do corredor
Correr é um ótimo remédio contra a depressão

4. Fator hormonal

Uma pesquisa da Endocrine Society dos EUA descobriu que a corrida pode aumentar a produção de testosterona em homens, o que está diretamente relacionado com uma maior libido. Além disso, o esporte ainda tem efeito direto na diminuição dos efeitos do hipogonadismo, doença que está relacionada ao mau funcionamento das gônadas (testículos nos homens e ovários nas mulheres).

5. Mais excitação

Um estudo da Universidade do Texas, realizado com mulheres que relataram problemas sexuais por conta do uso de antidepressivos, descobriu que a prática de atividades físicas pode melhorar a excitação genital. Nos testes, as mulheres que se exercitaram mostraram maior resposta genital devido ao aumento da atividade do Sistema Nervoso Simpático, o responsável para preparar o corpo para situações de medo, estresse e excitação.

6. Autoestima

Não podemos deixar de fora também a questão física do esporte. Perder alguns quilinhos e estar bem consigo mesmo influencia diretamente no seu desempenho sexual. “A corrida melhora o humor, a auto-estima e a confiança da pessoa. Isso ajuda ela a não falhar na hora H”, diz Marina Vasconcellos, Psicóloga, Psicodramatista e Terapeuta Familiar pela PUC-SP. Segundo Marina, a corrida também traz benefícios às mulheres que estão na menopausa. “Muitas mulheres não sentem os sintomas da menopausa, por causa da corrida. Ela aumenta o apetite sexual e regula os hormônios”.

Overtraining

Do mesmo jeito que a corrida ajuda no desempenho sexual, ela também pode atrapalhar. É preciso ficar de olho no overtraining, que ocorre quando há o excesso de carga ou volume nos treinos, provocando fadiga. Esse cansaço pode causar a mudança de humor, prejudicar a saúde e também o sexo. Além da alta carga nos treinos, uma alimentação desregulada também pode contribuir para o overtraining.