compartilhe

0

0

Saúde

Dor na lateral: saiba mais sobre esse incômodo

A dor é muito comum entre os iniciantes na corrida. Veja como prevenir o desconforto

RedaçãoPor
Redação

Dor na lateral do abdome

Quase todo mundo já sentiu aquele incômodo na lateral do abdômen durante uma sessão de corrida. É a famosa dor no flanco, que ataca especificamente abaixo das costelas e acima da pelve (bacia), que pode afetar iniciantes e atletas mais experientes a ponto de fazê-los abandonar um treino ou prova (ou, pelo menos, desacelerar o passo), dependendo da intensidade do desconforto.

De acordo com o fisiologista do exercício e médico do esporte Marcelo Aragão, existem alguns fatores que funcionam como gatilhos da dor. “Ela ocorre por uma contração excessiva do músculo do diafragma, que pode ser decorrente do acúmulo de ácido lático na região ou por uma desorganização do movimento respiratório durante a prática da corrida”, destaca.

Iniciantes na prática esportiva sofrem mais com os desconfortos, mas há medidas que podem ser tomadas na tentativa de prevenir o sofrimento. Evitar fazer refeições três horas antes de começar o exercício físico, por exemplo, é uma das táticas. Tem mais: “Antes da largada, evite consumir alimentos que fermentam no estômago e tomar bebidas gasosas”, sugere o médico. Adequar o ritmo respiratório ao condicionamento do corredor e investir em treinamento para o core (a fim de desenvolver a região abdominal) também é útil.

MAIS
É normal sentir dor na lombar ao fazer agachamento?
Joelho de corredor: previna e trate a lesão

Atenção: ao sentir essas dores durante o exercício, reduz a intensidade na hora. Se estiver correndo, passe a caminhar. Lembre-se que é preciso respeitar uma evolução gradativa no esporte, e não querer ultrapassar os limites do seu corpo. “Deve-se evitar ficar longos períodos de destreino para que não haja sintomas desconfortáveis”, alerta o médico. A regularidade também evita as dores no flanco, e alimentar-se bem é fundamental.

Acompanhe as dicas do doutor Marcelo Aragão para evitar o desconforto:

  • Manter a regularidade nos treinamentos.
  • Realizar um trabalho de fortalecimento do core.
  • Seguir dieta adequada no pré-treino, evitando que o processo de digestão aconteça durante o exercício.
  • Evitar fazer grandes refeições (almoço e jantar) três horas antes do treinamento.

Se você sente dores frequentes mesmo tomando os cuidados possíveis, procure um especialista.

* Originalmente publicada em 19 de fevereiro de 2016