compartilhe

0

Treino

5 sinais de que o seu corpo precisa de descanso

Saber a hora certa para recuperar o seu corpo é essencial para progredir na corrida

Daniel VelosoPor
Daniel Veloso

Chegar ao resultado dos sonhos não é um processo simples. O corpo humano é um organismo complexo e diferentes fatores importam para alcançar a marca desejada. Pensando nisso, atletas treinam intensamente, adotam uma alimentação saudável e mantêm a parte psicológica em dia em busca de suas melhores versões.

Com essa rotina acelerada, um ponto crucial na vida esportiva pode ser deixado de lado: o descanso. Ao menosprezar a importância do descanso, o corredor entra em uma zona perigosa e passa a conviver com um risco maior de lesões, um pesadelo para quem busca continuidade no esporte.

“O corpo dá sinais quando algo não vai bem, seja pela falta ou pelo excesso de exercícios”, explica o treinador carioca João Magalhães. A pedido do Sua Corrida, Magalhães elencou cinco sinais clássicos de cansaço por sobrecarga. Confira:

  • Mudanças no temperamento

A endorfina é uma das substâncias liberadas no cérebro durante os exercícios físicos. Ela previne o estresse diário, mas vem acompanhada de cortisol, que causa irritação e ansiedade. É muito comum que os níveis de cortisol se mantenham altos quando o corpo está saturado fisicamente, mudando o humor da pessoa.

  • Frequência cardíaca alterada

Essa é uma maneira rápida e objetiva de saber se o seu corpo está cansado. A melhor hora para medir a pulsação é pela manhã, logo depois de acordar. Uma frequência muito maior ou muito menor do que o normal pode ser um indicador de que seu corpo está pedindo o descanso. Para descobrir a sua frequência normal é interessante medir a pulsação durante dias de esforço leve e achar uma média que faça sentido.

  • Escurecimento da urina

Urina escura é um forte indicador de que o seu corpo está desidratado. A água desempenha funções fundamentais e a falta dela pode prejudicar o exercício em diversos aspectos. É importante lembrar que não adianta tentar recuperar a hidratação apenas durante o exercício. O corpo precisa de cerca de 45 minutos para retomar as funções prejudicadas pela falta de água.

  • Falta de apetite

Notar uma diminuição na vontade de comer pode parecer algo inofensivo. Apesar disso, é outro sinal de que você está passando por um período de cansaço e precisa se recuperar. Um corpo cansado pode liberar hormônios que inibem o apetite e agravam uma situação já perigosa para o atleta.

  • Dificuldade para dormir

A insônia é outro item que deixa claro que algo não está normal no seu corpo. Ter uma rotina de treinos forte e encontrar problemas para descansar é uma situação que deve ser encarada com preocupação. O sono gera hormônios de crescimento, que são essenciais para reconstruir fibras musculares. Noites ruins de sono diminuem a sua recuperação e aumentam o risco de lesões.

Magalhães lembra que o melhor jeito de ter uma boa rotina de treinos e de alimentação é com ajuda profissional. Além disso, explica que não há fórmula pronta quando o assunto é descanso. “Não existe um tempo específico para se descansar e voltar a treinar. Tudo depende muito da avaliação de um treinador”, conclui.