compartilhe

0

Treino

5 exercícios de pilates que preparam o corpo para a corrida  

Usar o método como complemento pode trazer melhora na técnica e aumento da resistência para correr

Redação WRunPor
Redação WRun
Instrutora de Pilates direciona duas alunas

Instrutora de Pilates direciona duas alunas

Pilates e corrida formam uma dupla e tanto, e incluir sessões do método na rotina de treinos de corrida de rua ou trilha pode ser uma boa tanto para potencializar a performance quanto para evitar lesões e dores.

Por meio dos princípios de controle dos movimentos, foco no centro de força do corpo (o core), respiração, precisão e fluidez, a modalidade desenvolve equilíbrio e consciência corporal e oferece muitos benefícios para quem corre – dentre eles, correção da postura, melhora da eficiência na técnica e da capacidade respiratória, economia de energia, aumento da tolerância ao esforço e prevenção de lesões e desequilíbrios musculares.

A educadora física e especialista em pilates Fernanda Eleutério, coordenadora do Metalife Studio São Paulo, sugere aqui uma série de exercícios nos equipamentos próprios para o método. Se você pratica em estúdio, converse com seu instrutor sobre como incluí-los na sua rotina de modo a complementar os treinos específicos de corrida.

  1. Trabalho de pés no reformer

Deitado no aparelho com a coluna neutra (mantendo a curvatura normal da lombar; forma-se um espaço sob a região), braços ao longo do corpo, joelhos flexionados e a ponta dos pés apoiada na barra. Inspire devagar e expire empurrando a barra até estender os joelhos. Repita dez vezes.

Trabalho de pés no reformer

Trabalho de pés no reformer

  1. Ponte e extensão de joelhos no reformer

Deitada no reformer, glúteos e abdômen contraído, o quadril elevado, os joelhos flexionados e os pés apoiados na barra. Inspire e expire, estendendo os joelhos e mantendo o quadril no alto. Repita dez vezes.

Ponte e extensão de joelhos no reformer

Ponte e extensão de joelhos no reformer

  1. Prancha no cadillac utilizando o trapézio

Em posição de prancha, com as mãos paralelas e alinhadas com os ombros e o peito do pé apoiado na faixa do trapézio. Inspire devagar e expire, contraindo os músculos abdominais e projetando o quadril para o teto até formar um V invertido com o corpo. Inspire voltando. Repita dez vezes.

Prancha no cadillac utilizando o trapézio

Prancha no cadillac utilizando o trapézio

  1. Agachamento com instabilidade na chair

Em pé ao lado do aparelho, braços estendidos à frente do corpo. Apoie um pé no pedal e o outro na caixa, alinhados. Inspire agachando e expire retornando, controlando o movimento para não deixar o pedal descer e nem subir. Repita dez vezes.

Agachamento com instabilidade na chair

Agachamento com instabilidade na chair

  1. Panturrilha com instabilidade na chair em pé

Ao lado do aparelho, braços estendidos à frente do corpo. Apoie um pé no pedal e o outro na caixa, alinhados. Expire elevando os calcanhares e inspire voltando à posição inicial, controlando o movimento para não deixar o pedal subir nem descer. Repita dez vezes.

Panturrilha com instabilidade na chair em pé

Panturrilha com instabilidade na chair em pé