compartilhe

0

0

Treino

Cuidados para se dar bem em uma corrida noturna

Algumas atitudes podem prejudicar seu desempenho e recuperação. Evite-as.

RedaçãoPor
Redação

corrida noturna

Essa história é clássica: a pessoa treina duro, segue uma alimentação equilibrada, se dedica durante meses para uma prova e aí, no grande dia, comete algum erro que prejudica seu desempenho. O risco de isso acontecer em uma corrida noturna tende a ser muito maior. Afinal, quando a largada é de manhã, você acorda, toma café e vai correr. Já à noite, tem praticamente um dia inteiro antes da corrida – tempo de sobra para cometer deslizes. Mas nos vamos ajudá-lo a escapar de ciladas.

1 – Respeite o descanso

As corridas noturnas geralmente são aos sábados, dia em que as pessoas estão de folga e costumam fazer diversas atividades que não conseguem executar durante a semana, como compras, tarefas domésticas, passeios etc. Evite isso! “Quem vai participar de uma prova à noite não pode ter um dia atribulado, repleto de atividades que exijam esforço físico. Procure passar o maior tempo possível do dia sentado ou deitado e descanse o máximo que conseguir”, orienta o treinador Rodrigo Lobo, diretor técnico da Lobo Assessoria Esportiva.

2 – Alimente-se bem

Fique longe de doces, frituras e qualquer outra comida muito pesada, rica em gorduras (o churrasco na casa dos amigos e a feijoada com a turma estão cancelados nesse sábado, ok?). Sua alimentação deve ser rica em carboidratos e proteínas magras. No almoço, você pode comer, por exemplo, um macarrão com molho de tomate e um filé de peito de frango ou peixe branco. Já o lanche pré-prova deve ser feito cerca de uma hora antes da largada, com alimentos que  está acostumado a consumir.

MAIS
Vai correr à noite? Ajuste a dieta para render mais
Corra à noite com segurança

3 – Chegue cedo

Quando vai correr de manhã, você geralmente não tem problemas para ir até o local da prova, pois a cidade ainda está “dormindo”. Já à noite, o trânsito é mais intenso. Há gente indo para o cinema, o estádio de futebol, o bar… Portanto, saia mais cedo de casa. “Programe-se para estar com uma hora de antecedência no local do evento. Assim, você consegue se aquecer corretamente, usar o banheiro e se posicionar na largada sem pressão”, indica Rodrigo Lobo. A tensão provocada por chegar atrasado pode abalar seu lado psicológico e comprometer bastante o resultado final.

4 – Use a roupa certa

À noite, a temperatura costuma ser amena e alguns atletas acabam exagerando na roupa, com medo de passar frio. Lembre-se que, quando você começa a correr, o corpo esquenta. Se estiver vestindo muitas peças, seu organismo pode ter dificuldade para dissipar o calor, o que acelera a fadiga e prejudica o desempenho. Teste no treino as roupas que pretende usar na corrida para não errar.

5 – Comemore com moderação

Cruzou a linha de chegada e conseguiu atingir sua meta de distância ou tempo? Parabéns! Mas seus cuidados não acabaram. “Após uma atividade física muito intensa, a atenção deve ser total. Isso incluir fazer um desaquecimento correto, massagem, fisioterapia e se alimentar e se hidratar bem”, comenta Ricardo D’Angelo, educador físico, doutor em ciência do desporto e treinador de Solonei Rocha, um dos maratonistas que representaram o Brasil na Olimpíada do Rio de Janeiro. Apesar da empolgação com o bom resultado, deixe para festejar com os amigos outro dia e procure ir para casa descansar. Assim, você permite que seus músculos se recuperem mais rápido. “Tome um banho relaxante, coma algo leve e não demore para dormir”, indica Rodrigo Lobo.

*Originalmente publicada em 25 de agosto de 2016