compartilhe

0

0

Treino

Crossfit e corrida combinam?

Saiba os cuidados que você precisa ter para praticar as duas modalidades sem prejudicar a performance no asfalto

Daniel NavasPor
Daniel Navas

Crossfit e corrida

Não é de hoje que o crossfit virou febre, e a modalidade ganha mais e mais adeptos a cada dia. Também, pudera. O método, que mescla exercícios de diferentes modalidades, como levantamento de peso, atletismo e ginástica olímpica, trabalha praticamente todas as capacidades físicas e contribui para o ganho de força, resistência, explosão, coordenação motora, agilidade, equilíbrio.

Com tantos benefícios, é normal imaginar que o crossfit pode ser uma ótima atividade complementar para os corredores, certo? No entanto, a resposta é depende. “A modalidade tende a ajudar principalmente quem está se preparando para distâncias curtas, como os 5 km ou 10 km. Isso porque, essas provas são realizadas em alta intensidade alta (como os treinos de crossfit) e requerem explosão muscular”, acredita Fernando Gouveia, coach em vida saudável e fitness. Já para maratonistas e meio maratonistas as vantagens são menores.

Cuidado com a intensidade

A metodologia do crossfit exige que o WOD (Workout of the Day – em português, Treino do Dia) seja realizado sempre no limite da performance. Mais: como a atividade é feita em grupo, o incentivo dos companheiros (ou a rivalidade) tende a fazer com que você se esforce demais nos exercícios. Isso pode deixá-lo bastante cansado ou cheio de dores musculares, que tendem a prejudicar o rendimento nos treinos de corrida – principalmente para provas mais longas.
Para evitar problemas, converse com o instrutor de crossfit e deixe claro que você não pretende praticar a modalidade como esporte principal, e sim como um complemento para correr melhor. Dessa forma, o educador físico vai ajustar o treino e orientar para que você não utilize cargas elevadas no WOD.

“Quem quer fazer as duas atividades precisa ter uma programação adequada e procurar treinar em dias alternados, para o corpo se recuperar bem entre os treinos de crossfit e corrida”, ensina André Trombini, educador físico da academia Bodytech, em São Paulo. “Se antes de correr você perceber cansaço, dores musculares e falta de disposição excessivos por causa do WOD, procure reduzir a distância e velocidade de corrida, para não se lesionar”, completa Trombini.