compartilhe

0

0

Treino

Como a natação ajuda você a correr melhor

O treino na piscina fortalece o corpo inteiro, auxilia na recuperação muscular e contribui para o ganho de resistência aeróbica

Lucas ImbimboPor
Lucas Imbimbo

Natação ajuda na corrida

Nem só de treinos de corrida vive um corredor. Se você quer aumentar sua performance, investir em outras modalidades pode ajudar bastante. Isso porque, praticar diferentes atividades melhora seu condicionamento ao mesmo tempo em que dá uma “folga” para o corpo, já que os músculos e articulações são exigidos de outra maneira. E uma das melhores opções para isso é a natação. Entenda os motivos e como encaixar os treinos na piscina em sua planilha.

Fôlego de sobra

Assim como a corrida, a natação é uma atividade física aeróbica. Ou seja, para realizá-la, o organismo usa o oxigênio como principal fonte de energia. “O esporte aquático desenvolve o condicionamento cardiorrespiratório e tem como um dos principais benefícios o ganho de resistência”, explica Ademir Paulino, diretor e treinador da assessoria esportiva que leva seu nome.

Outra vantagem da modalidade é que ela tem pouco impacto. Portanto, o risco de lesão é baixo. A água ainda quebra a tensão muscular e tem um efeito massageador, o que contribui para a recuperação dos treinos de corrida.

O fortalecimento muscular também é garantido e o tradicional nado Crawl é o mais indicado para quem quer evoluir nas pistas. Além das pernas, ele trabalha braços, costas e abdome – regiões importantes para melhorar a biomecânica e a postura na corrida.

MAIS
Os benefícios da corrida em curto, médio e longo prazo
17 nutrientes essenciais para quem corre

Como incluir na rotina

Para obter os benefícios trazidos pela natação, Ademir Paulino sugere que os corredores realizem pelo menos duas sessões semanais de treinos na piscina, com duração de 45 minutos a uma hora. “Para quem faz longões no final de semana, incluir a natação no início da semana é uma boa, já que ela age como uma recuperação ativa”, recomenda Paulino.

Por não ter impacto, o esporte aquático contribui também com atletas lesionados que não podem correr. “Tive uma torção no tornozelo há pouco tempo e estou fazendo natação para não perder o condicionamento”, afirma Ademir Paulino.

Posso trocar a musculação pela natação?

Apesar de trabalhar a musculatura do corpo inteiro, não é recomendado substituir a musculação pelo treino na piscina. O enfoque das atividades são bem diferentes e, mesmo para os corredores que nadam, os exercícios de força continuando sendo essenciais para proteger o corpo do impacto das passadas.