compartilhe

0

0

Treino

Ajuste seus treinos com o período de polimento

Veja no que consiste essa etapa e o que mudar em sua planilha nas semanas antes da competição

Lucas ImbimboPor
Lucas Imbimbo

polimento

O período pré-competitivo, mais conhecido como o polimento, é uma das etapas mais importantes do treinamento, sendo responsável pelos ajustes finais antes da competição. Em conjunto com o treinador Kim Cordeiro, da BK Sports, em São Paulo, procuramos explicar um pouco das características dessa etapa e que alterações devem ser feitas em sua planilha para ter um bom desempenho na prova.

Polimento na corrida: afinado para a prova

A maior importância desse período é deixar o atleta descansado e preparado para a competição. Para isso, é necessário achar um equilíbrio nos treinos. “Se há descanso demais, o atleta chega despreparado para a prova. Se ele continua com treinos intensos, pode ficar desgastado. Temos que encontrar um meio termo”, explica Kim.

Um estudo realizado pelo Departamento de Educação Física e Ciência do Esporte, da universidade de Thessaly, na Grécia, comprovou que a redução de volume, frequência e intensidade no período de polimento, aumentou em até 3%, o desempenho de atletas em uma maratona. Durante a pesquisa, os treinos foram exponencialmente reduzidos a um volume de 17%, durante um período de 6 a 28 dias. Dos 9 estudos feitos, 6 mostraram aprimoramento na performance do corredor.

Menos é mais

É claro que os treinos variam de acordo com a distância alvo de cada corredor. Fazer apenas treinos regenerativos durante o período pré-competitivo pode acabar prejudicando até mesmo a musculatura – já que faz com que ela perca os níveis de força. O ideal é continuar com os estímulos, porém com menor intensidade.

Nos treinos intervalados, por exemplo, se o atleta está acostumado a fazer séries de três ou quatro minutos, ele passa a fazer de 1 minuto apenas.

MAIS
O que comer antes e depois da prova
Acelere sua recuperação pós-prova

Além disso, o volume também é reduzido quando se faz um polimento na corrida. “Ele passa a não ser tão importante. Nós estamos na etapa final, o volume já foi treinado. O importante é fazer com que o atleta chegue com vontade de competir e descansado”, diz.

Kim também não recomenda se arriscar em trabalhos complementares, como natação ou pilates. “Quando o atleta não está acostumado com essas atividades, pode acabar se machucando. Eu recomendo esses treinos, assim como a musculação, mais para os primeiros meses”. Contudo, se elas forem parte do seu dia a dia, não tem problema adicionar mais um dia de treino em sua semana – desde que seja em baixa intensidade.

Quando começar o polimento na corrida?

Assim como o volume e intensidade dos treinos, o tempo que cada atleta deve começar a realizar o período pré-competitivo é relativo à distância da prova-alvo. Kim recomenda começar o polimento nos seguintes períodos:

  • 42K e 21K – em média 2 semanas antes da prova;
  • 10K e 5K – em média 1 semana antes da prova.